28 de Junho: Dia Internacional do Orgulho LGBT. E algum ateísmo pontilhando o arco-íris

Por Sergio Viula

Originalmente publicado no AASA

ClickHandler.ashx

28 de Junho: Dia Internacional do Orgulho LGBT

E algum ateísmo pontilhando o arco-íris

 

Ser ateu e ser LGBT são duas coisas distintas, mas na minha vida, particularmente, as duas coisas combinam muito bem. Não há esquizofrenia, bipolaridade ou qualquer tipo de complexo em qualquer das muitas direções em que se lança essa projeção do cérebro que a gente chama de mente. O mesmo seria se eu fosse heterossexual e ateu, só para citar outra das muitas possibilidades. E essa foi uma semana especialmente fantástica nos dois sentidos e em muitos outros.

Na sexta-feira, recebi a notícia de que a Suprema Corte dos EUA havia definitivamente reconhecido a legitimidade, dignidade e igualdade do casamento entre adultos. Só isso (só isso?) já seria motivo para celebrar aos quatro ventos, mas alguém teve uma ideia melhor. Enquanto, eu me dirigia a Nova Iguaçu, munícipio na Baixada Fluminense, fui vendo o Facebook ser tomado pelas cores do arco-íris. Foto após foto, milhões de pessoas foram aderindo à celebração pelo Dia Internacional do Orgulho LGBT (28 de junho), com o fantástico – e merecido – bônus do reconhecimento da isonomia do casamento, quaisquer que sejam os sexos dos cônjuges.

O Rio de Janeiro também tinha o que celebrar: a lei antidiscriminação que vigorou por vários anos, sendo banida por uma manobra burocrática, foi legitimamente restabelecida pela ALERJ (Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), conforme encaminhamento do Governador Sergio Cabral (à época), e será obviamente sancionada pelo atual Governador Luiz Fernando Pezão. Por essa e por muitas outras razões, celebrei quando o pastoreco, sobrinho do dono da IURD, perdeu as eleições para governo do estado do RJ no ano passado.

Pois bem, em plena roda de conversa no evento para onde me dirigia em Nova Iguaçu, minha irmã, em sua fala, comentou sobre sua experiência com o fundamentalismo religioso e citou, de passagem, minha experiência como pastor e meu subsequente ateísmo. Foi a deixa para que eu falasse a respeito desse aspecto de minha experiência pessoal. Foi extremamente gratificante poder dizer, letra por letra, a frase que eu reproduzo abaixo, ao final da minha fala no evento:

“Tenho tanto orgulho de ser ateu quanto de ser gay. E do mesmo modo que minha homossexualidade não reduz a heterossexualidade de ninguém, meu ateísmo não reduz a religiosidade de ninguém. Minha luta é contra a heteronormatividade e contra o fundamentalismo religioso, não contra a sexualidade alheia e a religiosidade em si. O que me interessa é construir uma sociedade mais livre, mais humanista e mais feliz.”

Fiquei feliz com a reação de todos na forma de aplausos e, depois da roda de conversa, na forma de abraços e solicitações de amizade pelo Facebook.

Neste domingo, meu parceiro foi tirar fotos para seu álbum de formatura. Tive o prazer de reafirmar nosso amor através da companhia, do apoio e das fotos carinhosas que tiramos juntos (orgulho gay!!!). Vi uma amiga dele, também graduanda, com a namorada (orgulho lésbico!!!). E por fim, encontrei outras duas amigas (heterossexuais) que eram ateias (orgulho ateu!!!). Uma delas era casada com um homem ateu também. E a outra era filha de pai e mãe ateus – eles mesmos, com famílias ateias ou não-religiosas, respectivamente. Conversamos animadamente sobre nossa forma de ver a vida sem a necessidade de dogmas, doutrinas, rituais, etc.

Agora, o que não dá para engolir é o papo furado de quem usa criancinha desnutrida para dizer que celebraria o fim disso (miséria) antes daquilo ( o fim da insegurança jurídica de milhões de casais). Toda vez que vejo isso, penso comigo: será que essa gente não percebe que age como o rei que se achava esplendorosamente vestido, quando tudo o que ele exibia era a própria nudez? Quero muito acreditar (será que consigo?) que nenhum ateu fez esse papelão essa semana.

28 de junho: Dia do Orgulho LGBT

POR UM MUNDO SEM MEDO DE SER FELIZ!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s